blind

vimos por este meio ajudar-vos a perceber que nada é.

frase:

"nada é."


Posted on August 24th, 2006, 23:03 by jm
permalink | * Comments (4) | Comment this post | Trackbacks (0)

drag

estamos com toda a certeza de olhos abertos e mais cegos que os verdadeiros. tão triste este caminhar por pedras gastas e rios secos. nada de novo.

Posted on August 23rd, 2006, 23:39 by jm
permalink | * Comments (1) | Comment this post | Trackbacks (0)

there's a lost future

there's noise in our path. only my path sends noise to ours.

hard

shivers

gloommy facts in life just kill us


Posted on August 19th, 2006, 20:39 by jm
permalink | * Comments (3) | Comment this post | Trackbacks (0)

language

most people are said to be happy


Posted on August 17th, 2006, 21:31 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

mutante

muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto muito tanto muitanto

Posted on August 16th, 2006, 20:57 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

real

idade de todos os dias envolta na tristeza de todos os minutos

Posted on August 15th, 2006, 21:23 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

every day is just like any other day

enquanto nos deitamos na cama feita na palha ou no chão de ervas secas da vida pensamos que um dia será diferente a cama a vida o tempo o sorriso as lágrimas a glória de esticarmos o braço e sentirmos vontade em estarmos vivos enquanto isso a abominável vertigem do insucesso marca a ferro quente o corpo mental das nossas emoções não ser feliz é tolerável e porventura filosófico contudo a ausência de qualquer brilho é uma dor imensa

this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way this way that way


Posted on August 12th, 2006, 22:19 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

saints

os rios de sangue que invadem a capital dos sonhos oferecem luz no espelho da desgraça

Posted on August 11th, 2006, 22:39 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

creatures

quando os homens surgiram das estradas de alcatrão para matar as crianças que caminhavam na berma ouviu-se um vento antigo que clamava glórias dos guerreiros nórdicos


Posted on August 11th, 2006, 22:33 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)

as meninas da sra. do quinto esquerdo do prédio da rua de baixo foram atropeladas

pela vida.

Posted on August 11th, 2006, 12:32 by jm
permalink | Comment this post | Trackbacks (0)